Rituais com sangue menstrual: Como fazer

No início do mês, Bianca Bin, que dá vida a Clara na novela global “O Outro Lado do Paraíso”, compartilhou diversas fotos de mulheres adeptas ao ritual “Plante Sua Lua”. A prática consiste em coletar o sangue menstrual para depositar em um jardim, sobre a terra ou as plantas. Segundo a própria atriz, o objetivo é “devolver o sangue para a terra” e concluir o ciclo da natureza. E ela não é a única que pensa assim.

No ritual “Plante Sua Lua”, as mulheres coletam o sangue menstrual e depositam na natureza, devolvendo para a terra.

Diversas outras mulheres estão praticando rituais com sangue menstrual.

Rituais com sangue menstrual: Como fazer

Em entrevista à revista “Glamour”, a atriz global afirmou que “plantar a lua” mudou sua relação com o próprio corpo e a ajudou a se entender como mulher. “O universo é uma grande potência feminina e é com essa força que busco me conectar sempre”, disse.

De acordo o site “DanzaMedicina”, citado por Bianca Bin, o sangue menstrual é uma fonte rica em nutrientes, minerais e hormônios e, por isso, é um poderoso fertilizante natural. A coleta do sangue é possível com a utilização de coletores menstruais ou bioabsorventes.

Além disso, é importante lembrar que a finalidade do ” Plante sua Lua
” é oferecer o sangue de forma simbólica. Assim, ao depositar o líquido nas plantas,  a mulher deve reafirmar suas intenções e entregar também todas as impressões negativas que carrega a respeito de si. “Perceba os padrões negativos, as crenças limitantes, os hábitos que não lhe servem mais e tudo aquilo que se encontra estagnado em sua vida”, explica a terapeuta corporal Morena Cardoso em um texto do site.

Rituais com sangue menstrual: Como fazer

No site Danza Medicina, citada por Bianca nos stories, a terapeuta corporal Morena Cardoso fala mais sobre o ritual. Segundo ela, a mulher deve recolher o sangue menstrual por meio de coletores ou bioabsorventes, e então ofertar à terra.

“Em ambos os casos, você pode entregar seu sangue para terra em um jardim ou em um simples vasinho de planta em seu apartamento. Você pode também escolher alguma planta específica que tenha um significado especial para você: Muitas mulheres plantam sua lua em Roseiras, Sálvia ou Artemísia por exemplo; que são plantas de forte representação do feminino. Você nem imagina o bem que seu sangue irá fazer às suas plantas; este é sem dúvida o melhor biofertilizante que poderia existir!”, escreve Morena Cardoso no site.

O poder do sangue

Depois que o compartilhamento de publicações sobre esse ritual específico tomou conta e ascendeu o debate nas redes sociais, foi a vez de Yazmina Jades mostrar que também tem seu ritual. Ela se autodenomina “líder de empoderamento feminino” e “bruxa de sangue” e publicou nesta semana uma foto no Instagram com o rosto pintado de vermelho — provavelmente com sangue.

Yazmina Jades se diz bruxa e também é adepta dos rituais com sangue menstrual
Yazmina Jades se diz bruxa e também é adepta dos rituais com sangue menstrual

Na legenda, Yazmina explica a importância e o significado da prática. “Como você vê sua menstruação?”, começa. Então, ela conta que durante a adolescência até os 20 anos de idade não gostava do período menstrual e que seu relacionamento com o sangue não era saudável.

“Não havia instruções sobre o que acontece quando você sangra e como me nutrir ou cuidar de mim mesma durante este tempo sagrado do mês”, diz. “Levei anos para perceber que o sangramento é um ritual sagrado, para cada mulher se descobrir, se soltar, criar, e usar essa manifestação poderosa para honrar o poder do ventre e da mãe terra.”

Indo de acordo com o pensamento de Bianca, Yazmina também afirma que o melhor entendimento do sangue menstrual a ajudou na conexão com o próprio corpo e, também, a se amar e respeitar mais. “Foi uma jornada completa, só tocando na superfície do poder do sangue”, finaliza.

Será que essa onda ganha mais adeptas?

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.