Exames de sangue poderão detectar vários tipos de câncer e metástase de câncer de mama

Exames de sangue poderão detectar vários tipos de câncer e metástase de câncer de mama

Daqui há alguns anos não precisaremos mais esperar exame de biópsia para a detecção do câncer. Exames de sangue serão suficientes para avisar se o organismo tem câncer. As descobertas da ciência em busca da cura do câncer não param. E é sabido que  quanto antes a doença é detectada, maiores são as chances de cura. Vejam abaixo as últimas descobertas da ciência!

Pesquisadores do Centro Kimmel para o Câncer, da Universidade Johns Hopkins (EUA), estão desenvolvendo um exame de sangue para detectar o câncer com precisão. A partir de fragmentos de DNA, o teste identificou a presença de tumores em mais da metade dos 138 participantes da pesquisa.

Zoom Property

Nesses indivíduos, o exame conseguiu identificar tumores de câncer colorretal, de mama, de pulmão e de ovário. A pesquisa, realizada em sangue e amostras de tecido tumoral, recrutou 200 pessoas nos EUA, Dinamarca e Holanda.

O estudo foi publicado na “Science Translational Medicine”. A estratégia, ainda em estudo, não é nova na medicina e mais pesquisas estão buscando o teste.

No começo do mês, pesquisa publicada na “Nature Communications” conseguiu prever a metástase do câncer de mama.
Para desenvolver o teste, cientistas se baseiam em alterações de DNA encontradas em amostras de tumores biopsiados de pacientes. Depois, os tumores funcionam como “guias” para os erros genéticos que eles devem procurar no sangue.

A tarefa é complexa, segundo pesquisadores, pela necessidade de diferenciar entre as verdadeiras mutações derivadas de câncer e as alterações genéticas normais que ocorrem nas células do sangue.

Exame de sangue é capaz de ‘prever’ metástase do câncer de mama

Pesquisadores identificaram ‘assinatura genética de célula’ que ajuda a identificar se tumores de mama vão migrar para o cérebro. Estudo foi publicado na ‘Nature Communications’.

Pesquisadores do Houston Methodist Hospital, nos Estados Unidos, estão testando exame de sangue capaz de detectar com antecedência se células do câncer de mama tendem a se disseminar para o cérebro.

O teste é baseado na detecção de uma espécie de “assinatura genética” de células de tumores metastáticos, o que permite diferenciá-las de outras estruturas do tumor, mais antigas.

O exame é particularmente importante, apontam os cientistas, porque cerca de 20% dos cânceres de mama vão sofrer metástase para o cérebro com o passar do tempo.

O feito do grupo Houston, liderado pelo pesquisador Dario Marchetti, foi confirmar que as CTCs de tumores de cérebro são diferentes de outras células circulantes.

At www.krogerfeedback.com Kroger Sweepstakes are winning extra prizes

A investigação dessas células para diferentes tipos de câncer é forte candidata para o desenvolvimento de variados testes capazes de analisar a progressão do câncer no futuro; e, com isso, permitir com que intervenções sejam feitas mais rapidamente.

O exame pode identificar “micro metástases” de um tumor de mama que ainda não estão visíveis em exames de imagem como a ressonância magnética.

Uma outra aplicação do teste é em pacientes que já tiveram tumores de cérebro detectados em exames de imagem – nesses casos, o exame poderia avaliar o sucesso ou não do tratamento a partir da detecção de células metastáticas no sangue.

Pesquisadores também pretendem que o exame possa ser um substituto para a biópsia, consideradas mais invasivas.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.