Take a fresh look at your lifestyle.

Quando o amor vira amizade

Passado algum tempo de relacionamento, é comum que a sensação de borboletas na barriga vá embora e, no lugar, só reste carinho e amizade pelo parceiro. O que fazer quando o amor vira amizade?

A terapeuta de relacionamento Rosangela Matos ajuda a idenfiticar quando a relação está indo para esse caminho e como lidar com isso. Confira!

Sinais do fim do Relacionamento

De acordo com a terapeuta de relacionamento, Rosangela, é natural que o relacionamento passe por mudanças no decorrer dos anos. São tantos planos, dificuldades e correria que a pessoa amada pode acabar sendo deixada de lado.

A profissional explica que um forte sinal de que os membros do casal já não estão dando mais tanta atenção um ao outro é quando acabam as discussões e a intimidade aumenta.

“Na maioria dos casos, isso indica que o casal já não se importa mais em discutir para melhorar a relação, apenas não querem mais ter o atrito.

A intimidade começa a ser em excesso e eles se comportam só como bons amigos. Existe muita gratidão e pouco tesão. Eles ainda fazem parte muito da vida do outro, mas o jogo da conquista não existe mais”, afirma.

A especialista explica que, de fato, a amizade é um dos pilares mais importantes dentro do relacionamento, entretanto, questões como a sexualidade e a sedução não devem ser deixadas de lado para que a chama do casamento continue acesa.

É válido ressaltar que essa regra não vale apenas para sexo, mas também sobre aquela “encoxadinha” no sofá, um jantar romântico, uma viagem a dois, entre outros acontecimentos. Nós não podemos dizer que sexo é tudo num relacionamento, mas também não podemos dizer que não é nada!

Ele é importantíssimo e o casal precisa cuidar desse pilar, caso contrário, a preguiça vai se instalando, o casal vai deixando pra depois e quando percebe já não faz sexo há um mês e isso já não faz mais falta”, completa.

quando o amor se transforma em amizade - Quando o amor vira amizade
Quando o amor vira amizade

Relação de respeito

Quando o carinho e o respeito ainda se fazem presente na relação, é comum que a pessoa opte por evitar um confronto direto e Imagem compartilhada na rede social de ambos para anunciar o término dizer o que sente com medo de magoar o outro.

Nesse momento, é fundamental ter em mente que evitar a pessoa e rejeitá-la pode acabar afetando-a ainda mais.

O conselho de Rosangela é que, quando você perceber que o relacionamento não está mais legal, tenha uma boa conversa com o parceiro.

Essa é uma maneira de demonstrar responsabilidade afetiva e alinhar o que ambos estão sentindo para que possam seguir em frente e viver uma nova história.

Apenas amigos

Ao passar por uma separação tranquila, é bastante comum que uma das pessoas queira manter a
amizade. A terapeuta pontua que normalmente essa ideia parte de quem não tem mais sentimento,
enquanto o outro ainda sente-se machucado.

“Se terminou a relação e pra você está tudo bem em ser amigo, mas você entende que a outra pessoa ainda tem um amor muito grande, é importante respeitar o espaço do outro.

E se você está no lado oposto, é importante falar para o parceiro que talvez naquele momento você precisa cuidar um pouco de você”, finaliza.

Fonte: Revista Malu

você pode gostar também

Comentários estão fechados.