Joias com o leite materno

Joias com o leite materno

Veja o leite materno petrificado e transformado em pedras de anéis ou pingentes de colares para guardar como lembrança da maternidade. Lindas joias para mamães.

Toda mãe adora guardar recordações de seus bebês. Há sapatinhos passados no bronze, placenta encapsulada, dentinhos em colares, mechas de cabelo e até mesmo o cordão umbilical. Agora uma joalheira desenvolveu uma técnica de transformar em joia o leite materno. Nos Estados Unidos essa novidade linda em forma de joia está fazendo o maior sucesso.

Para confeccionar a peça, o leite materno passa por um processo de petrificação e depois ganha um banho de resina. Aí, o leite materno transformado em uma “pedra” é afixada a um anel ou transformada em pingente.

Quem desenvolveu a técnica foi a joalheira Kelly Howland e ela diz que usa uma série de produtos químicos para solidificar o leite, mas os detalhes permanecem em segredo.

Além de escolher o modelo da joia, as mães também podem optar por adicionar cor e elementos brilhantes, feitos de ouro, prata ou cobre ao leite, mas também é possível deixá-lo com a tonalidade natural esbranquiçada. O mais interessante é que cada leite materno é único! sendo assim, a cor final varia de uma peça para a outra – mesmo sem a adição de corantes. Ou seja: a lembrança se torna ainda mais exclusiva.

A novidade ainda não chegou ao Brasil, mas com certeza, logo alguém procurará saber os detalhes da petrificação do leite e a transformação em joia.

Veja os modelos de joias com o leite materno:

anel-leite-materno-maternidade

Anel com leite materno

anel-com-leite-materno

Interessante a cor violeta (rosada) que a pedra do leite se tornou. Uma peça única e exclusiva.

arvore-da-vida-leite-materno-joia

Neste pingente, a pedra de leite materno foi envolta pela árvore da vida em prata esterlina. Um luxo!

A página do Facebook da joalheira é esta aqui – https://www.facebook.com/sacredlegacyarts/

Por conta da matéria-prima inusitada, as joias de leite materno demandam cuidados especiais para que resistam ao tempo. Elas não devem ficar expostas ao sol ou a altas temperaturas, nem entrar em contato com produtos químicos, perfumes e até mesmo sabão.

Kelly é dona da Sacred Legacy Arts, joalheria especializada em “arte feita com DNA”, como ela mesma define. A americana também desenvolve outras peças a partir de cinzas, fios de cabelo e até placenta. As joias custam entre 80 e 400 dólares e a marca aceita encomendas de clientes que morem fora dos Estados Unidos.

E você, o que achou?